KATA
  É a essência e a base do Karaté e representa a cumulação de mais de 1.000 anos de conhecimento.
 
KAISHUGATA
  Músculos relaxados, permitindo movimentos rápidos. Os músculos só se contraem no momento da execução da técnica.
 
HEISHUGATA
  Músculos contraídos, concentração no Tanden e control da respiração.
 
» Videos
 
    GEKISAI DAI ICHI
  Significa ataque e destruição. Estas katas, foram inicialmente introduzidas pelo Sensei Chojun Miyagi em 1940. Este nome fica a dever-se à época em que foram criadas estas katas, o periodo da 2ª Guerra Mundial, Dai Ichi - número um
     
    GEKISAI DAI NI
  Significa ataque e destruição. Estas katas, foram inicialmente introduzidas pelo Sensei Chojun Miyagi em 1940. Este nome fica a dever-se à época em que foram criadas estas katas, o periodo da 2ª Guerra Mundial, Dai Ni - número dois
     
    SAIFA

   
Saifa significa romper e esmagar ou esmagar e partir em bocados. Esta kata é de origem chinesa e foi trazida para Okinawa pelo Sensei Kanryo Higaonna. Ataques para os lados e técnicas de libertação são realçados nesta kata. Os ataques são circulares com movimentos livres nas articulações do pulso, cotovelo e ombro como um chicote aumentando a velocidade e força.
     
     
    SEIYUNCHIN

   
Controlar e puxar. Esta kata é caracterizada pela respiração e movimentos lentos com muchimi. Todos os movimentos são técnicas de mãos, sem pontapés. Esta kata dá ênfase às posições fortes e estáveis e tal com o seu nome diz, existem muitas técnicas de puxar e atacar.
     
    SHISOCHIN

   
Shisochin, significa ataque a quatro portas ou ataques e defesas em quatro direcções. Também de origem chinesa, esta kata foi ensinada ao Sensei Kanryo Higaonna pelo Sensei Ryu Ryu Ko. Movimentos de esquiva e de empurrar são realçados por movimentos de anca acentuados. Para além de técnicas de empurrão para distanciar o oponente, esta kata contém também técnicas de corpo a corpo, tais como ataques e chaves às articulações.
     
     
    SANSERU

   
Significa o número 36, calculado pela fórmula 6x6. O primeiro 6 representa a vista, a orelha, o nariz, a língua, o corpo e o espírito e o segundo 6 representa a côr, a voz, o paladar, o cheiro, o tacto e a justiça. A kata tem igualmente 36 movimentos.
É caracterizada por movimentos rápidos na defesa de ataques de curta distância.
     
    SEIPAI

   
Significa o número 18, calculado a partir de 6x3. O número 6 representa o mesmo que o segundo 6 da Sanseru (côr, a voz, o paladar, o cheiro, o tacto e a justiça). O número 3 representa o bom, o mau e a paz.
     
     
    KURURUNFA
  Significa o número 19 ou parar o ataque que vem e partir. Nesta kata, sobressaem o Tai Sabaki e os movimentos rápidos.
     
    SESAN

   
Significa o número 13. Esta kata dá ênfase à luta de curta distância com socos curtos e pontapés baixos em várias direcções. É caracterizada pela combinação de técnicas rápidas e explosivas contrabalançando com técnicas lentas e pesadas executadas com muchimi.
     
    SUPARINPEI

   
Significa o número 108. O antigo nome desta kata era Pichurin. Havia também antigamente 3 variantes desta kata, o Dai, Chu e Sho. Actualmente pratica-se a variante Sho. O número 108 tem uma significado especial no Budismo, visto que acreditam que há 108 paixões demoníacas. Cálcula-se pela fórmula 36x3. O número 36 tem o mesmo significado de Sanseru e o número 3 representa o passado, o presente e o futuro.
     
    TENSHO

   
Ten significa rodar e Sho significa mão aberta. Este kata foi desenvolvido pelo Sensei Chojun Miyagi da kata Rokkishu do stilo chines garsa branca. Rokkishu significa seis mãos e denota as diferentes posições de mãos neste kata. Tensho combina os movimentos com suavidade.
É a combinaçao entre a tensão com uma forte respiração e movimentos de mãos suaves e fluidos.
     
    SANCHIN



   
Sanchin significa três batalhas. A batalha entre o corpo, mente e espírito. Este kata ajuda à correcta respiração, kime, foco e força, bem como uma grande resistência ao impacto através do treino contínuo. 
 
 

Todos os direitos reservados - DojoCampos.com © 2017